Prefácio

Somos Família do Eterno. Como filhos, devemos despertar para a vivência no espírito que somos, à imagem e semelhança do Eterno, ainda em nossa existência, e não nos deixarmos envolver pela mente (a alma) que temos (mas não somos) – e, assim, seguirmos o Caminho do Eterno, em uma atitude íntegra, sempre na Presença d’Ele.